Santa Catarina registra primeira morte pelo novo coronavírus, diz governador

Catarinense de 86 anos morreu em São José, na Grande Florianópolis.

A informação foi divulgada às 23h59 por meio de rede social do governador Carlos Moisés (PSL).

Santa Catarina registrou na noite desta quarta-feira (25), a primeira morte de pessoa infectada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

De acordo com o governador, Carlos Moisés (PSL), a vítima é um catarinense de 86 anos e morreu em São José, na Grande Florianópolis.

A informação foi divulgada às 23h59 por meio de rede social.

Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Coronavírus: confira perguntas e respostas Saiba como ficam os serviços no estado Morte foi divulgada na rede social do governador Divulgação/ Redes sociais De acordo com a coletiva de imprensa que ocorreu durante a noite, antes da publicação feita pelo governador, o estado registra 122 casos confirmados e 325 casos suspeitos.

Moisés não informou se o idoso estava sendo monitorado.

No município, onde ocorreu a morte, são cinco casos investigados pelo estado. "Deus nos abençoe e proteja e console a família 🙏🏼", lamentou o governador por uma rede social.

Até as 21h30, o número de mortes era de 59 e 2.555 casos confirmados do novo coronavírus no Brasil, de acordo com as divulgações feitas pelas secretarias estaduais de Saúde.

O Rio de Janeiro registra oito mortos e São Paulo, 48.

Amazonas, Pernambuco e Rio Grande do Sul também tiveram mortes pela Covid-19. MAPA DO CORONAVÍRUS: cidades com infectados e o avanço dos casos Atualmente, há casos de Covid-19 em 28 municípios catarinenses.

As cidades que apareceram pela primeira vez na lista nesta quarta foram São Pedro de Alcântara, Camboriú, Canelinha, Balneário Arroio do Silva e São Ludgero. O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino e o governador explicaram que foi mudado o critério em relação às cidades.

Antes, o caso era colocado como do município em que foi feito o diagnóstico.

Agora, é contabilizada a cidade onde o paciente mora.

Por essa razão, Florianópolis, que tinha 20 casos, agora está na lista com 16.

A mudança ocorreu em consideração às prefeituras, que informavam que havia um paciente na cidade, mas ele aparecia na relação da secretaria como sendo de outro município. Balneário Arroio do Silva – 1 Balneário Camboriú – 7 Blumenau – 9 Braço do Norte - 9 Camboriú - 2 Canelinha - 1 Chapecó - 2 Criciúma - 11 Florianópolis - 16 Gaspar - 1 Gravatal - 3 Içara - 1 Imbituba - 4 Itajaí - 12 Jaguaruna - 2 Jaraguá do Sul - 2 Joinville - 5 Lages - 1 Laguna - 1 Navegantes - 3 Pomerode - 1 Porto Belo - 2 Rancho Queimado - 2 São José - 5 São Ludgero - 1 São Pedro de Alcântara - 1 Tijucas - 1 Tubarão - 8 Outros estados - 5 Outros países - 3 O aumento do número de casos foi de 12% em relação à tabela divulgada na terça (24).

A diferença entre a lista de segunda (23) e terça foi de 26,7%.

Sobre os casos suspeitos, na terça foram divulgados 336.

Na segunda, eram 410. Na manhã desta quarta, Moisés afirmou estar "estarrecido" com o pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, e reforçou que Santa Catarina entra em nova quarentena de mais sete dias determinada por decreto.

O governador novamente pediu que os catarinenses fiquem em casa para frear a contaminação pelo vírus.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença Infografia/G1 Initial plugin text Veja mais notícias do estado no G1 SC
Categoria:Santa Catarina