Simone Mazzer reverbera, em inglês, canção de resistência do Clube da Esquina

Cantora lança o single 'Nothing will be as it was' com levada neo soul criada pelo produtor musical Donatinho.

Simone Mazzer Divulgação / Dubas ♪ Um dos hinos de resistência do repertório do Clube da Esquina, a canção Nada será como antes foi apresentada ao mundo na voz de Joyce Moreno em single quádruplo – compacto duplo, no jargão fonográfico da época – editado em 1971, mesmo ano em que Elis Regina (1945 – 1982) também gravou a música de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos.

Contudo, a gravação mais famosa de Nada será como antes seria feita por Milton no ano seguinte para o gregário álbum duplo Clube da Esquina (1972).

Quatro anos mais tarde, ao gravar o álbum Milton (1976) para os Estados Unidos, o cantor registrou a canção na versão em inglês intitulada Nothing will be as it was e escrita pelo holandês Rene Vincent com o próprio Ronaldo Bastos, autor da letra ensolarada de versos alusivos à repressão do sombrio Brasil de 1971.

Capa do single 'Nothing will be as it was', de Simone Mazzer Divulgação Essa letra arejada passou mensagem de esperança sintetizada no verso “Resistindo na boca da noite um gosto de sol”.

Ou “Holding on to a teardrop of sun in the mouth of the night”, como na versão em inglês que a cantora Simone Mazzer reverbera em single produzido e arranjado por Donatinho.

Programado para chegar ao mercado na sexta-feira, 3 de julho, pela gravadora Dubas, o single Nothing will be as it was injeta groove de neo soul criado por Donatinho para a canção, gravada por Mazzer com os toques dos músicos Donatinho (teclados e programações), Fred Ferreira (guitarra), Diogo Trompete (trompete) e Marlon Sette (trombone).

A gravação foi mixada e masterizada por Café sob a direção artística de Leonel Pereda.

Cabe lembrar que foi a gravadora Dubas que editou há cinco anos o primeiro álbum de Simone Mazzer, Férias em video tape (2015), quando a artista paranaense – projetada como atriz da Armazém Cia.

de Teatro – decidiu reinvestir na carreira de cantora em 2012 após ter integrado, a partir de 1989, a banda Chaminé Batom.

Categoria:Pop & Arte